Sola gratia, sola fide, solus Christus, sola scriptura, soli Deo Gloria.

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Noticias

Seguidores

Arquivo

Leitura do dia

Contador de visitas

contador

Americanos citam versículos bíblicos dando crédito ao Capitão América




A American Bible Society realizou uma pesquisa que revelou que 63% dos americanos dizem incorretamente que um versículo de 2 Coríntios foi dito por Martin Luther King Junior, pelo ex-presidente George W. Bush e até mesmo pelo super-herói americano, Capitão América.
O texto em questão é o de 2 Coríntios 4:8 que diz: “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados”.
A pesquisa ouviu 2572 adultos e foi realizada pela Harris Interactive no início de agosto e tinha como foco principal falar sobre os 10 anos dos ataques terroristas de 11 de setembro.
Sobre isso, 36% disseram que se sentiam mais seguros antes da queda das Torres Gêmeas de Nova York. E apenas 9% dizem que se sentem mais seguros agora.
Para lidar com o trauma, 4% disseram que conseguiram superar com serviço de aconselhamento profissional e 16% disse que contam com a Bíblia para conseguir lidar com situações traumáticas.
Mas a grande maioria, 82% dizem que confiam em outra coisa além da Bílbia para poder superar esse trauma, e 6% dizem que não confiam em nada.
“Apesar de ter passado 10 anos desde os ataques contra os EUA, muitos de nós ainda lembramos das imagens e das emoções daquele dia”, disse Geof Morin, diretor de comunicação da ABS, por meio de um comunicado.

Conforto através da Bíblia

Para ajudar a população com conforto para momentos de medo, a ABS e o Exército da Salvação estão criando a  Bíblia Freedom, uma versão contemporânea inglês das escrituras que destaca mais de 3.500 versículos que abordam temas como liberdade, medo, raiva, sofrimento, perda e outras questões que os americanos foram forçados a lidar depois do 11 de setembro.
“A bíblia – e não políticos, heróis de quadrinhos ou ativistas de direitos civis – foi o primeiro a falar sobre como lidar com o trauma e ganhara liberdade”, disse o Comandante do Exército da Salvação, o comissário William Roberts.

Deputado evangélico prende falso pastor que vende pela internet títulos de Apóstolo, Bispo e até unções

Deputado evangélico prende falso pastor que vende pela internet títulos de Apóstolo, Bispo e até unções

O cidadão Walter da Silva Filho (foto), foi preso no Paraná por falsidade ideológica, usando do título de pastor e presidente do Conselho Federal de Teologia (CFT) para arrecadação de verba.
A prisão do falso pastor foi feita no último dia 23 pelo Deputado e delegado – licenciado pela Polícia Federal – evangélico Fernando Francischini (PSDB-PR). Silva Filho apresentou uma proposta a Francischini e ao Deputado Paulo Freire (PR-SP) na qual os parlamentares lhe ajudassem a conseguir novos adeptos para o órgão (CFT) e a cada R$ 200 mil arrecadados com a cobrança de uma anuidade de R$ 545,00, R$50 mil ficariam para os dois congressistas.
Os deputados filmaram a conversa em que Silva filho fez a proposta no gabinete de Freire, a voz de prisão dado pelo delegado Francischini deu por findado um golpe que envolvia religião e 3 mil pessoas de boa fé que já haviam se filiado ao falso órgão (número informado por Silva Filho aos congressistas).
O que Silva Filho não esperava é que Freire desconfiaria dos documentos apresentados com supostas assinaturas e impressão digital do procurador-geral da República – Roberto Gurgel – e viesse pedir ajuda para Francischini para então descobrirem que o suposto conselho não existia e que o auto-intitulado apóstolo era na verdade terceiro sargento do Corpo de Bombeiro Militar do Rio de Janeiro. A principal intenção era aproximação de Freire, por este ser filho de Jose Wellington – presidente da Assembleia de Deus.
Não é raro encontrarmos casos onde pessoas auto intitulam-se como pastores (apóstolos) e que usem deste para conseguirem próprios benefícios, no entensto, a bíblia nos mostra que ‘apóstolo’ é alguém enviado por Jesus para pregar o evangelho, tendo um chamado para exercer tal função na terra.
Uma série de notícias publicadas pelo Gospel+ em março deste ano, mostra que instituições que vendem títulos de Apóstolo e de unções criadas por igrejas para consagrar aos mesmos realmente existem.
Temos como exemplo, a A Convenção dos Ministros Evangélicos do Brasil, o Seminário Internacional de Teologia  onde você “investe” R$ 1.950,00 e faz um curso que lhe dá o direito de ser chamado de apóstolo e o ‘Congresso de Consagração’ que acontecerá em outubro deste ano em Minas Gerais, nas informações sobre a unção dos novos apóstolos seguem as seguintes constatações:
“Para filiados ao CFP, Convenções ou aluno da Faculdade Gospel o valor é R$ 600,00 á vista ou parcelado em 6x  R$ 100,00 no cartão sem juros. Para não filiados ou não alunos o valor é R$ 1.000,00 á vista ou 10x R$ 100,00 no cartão sem juros. Não cobramos para consagrar e ungir o valor é para cobrir as despesas de: Jantar dia 09 sexta, pernoite de sexta para sábado, café dia 10 sábado, almoço dia 10, beca de formatura, locação do salão do salão de eventos, som e filmagem para retransmitir na TV e ata de consagração. Para acompanhante como esposa, marido, filho ou amigo pagará R$ 200,00 ou 2x de R$ 100,00 no cartão.”
Fonte: Gospel+

Apesar do crescimento do número de evangélicos, brasileiros pouco se dedicam a missões e evangelismo

Apesar do crescimento do número de evangélicos, brasileiros pouco se dedicam a missões e evangelismo

Apesar de tamanho crescimento e o conhecimento cada vez mais difundido das demandas missionárias, os esforços para o evangelismo global ainda são insuficientes. O trabalho é deixado em mãos de poucos missionários de carreira e agências especializadas.
Enquanto isso, estima-se que todos os anos 2.5 milhões de pessoas morram sem sequer saber da existência da Palavra de Deus ou de Jesus Cristo. Isso porque ainda têm aproximadamente 2.251 línguas sem um versículo bíblico traduzido. São cerca de 2.200 grupos étnicos que nunca ouviram nada sobre Jesus, 193 milhões de pessoas que não têm acesso algum às Escrituras.
De acordo com o pastor José Crispim Santos, promotor setorial da Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira (CBB), a igreja brasileira está bem inteirada acerca dos desafios missionários da atualidade, mas as ações ainda não são suficientes para o tamanho deles.
Convocação à Igreja no Brasil
Ainda assim as lideranças cristãs mundiais continuam apostando no potencial do povo brasileiro. Um dos motivos é a “boa receptividade que a nação tem em todos os países, particularmente os de religião islâmica e hindu”, explica o diretor executivo da Junta de Missões Mundiais (JMM), pastor João Marcos Barreto Soares.
O pastor Soares também questiona o potencial dos brasileiros: “estamos preparados para isso? Temos feito tudo o que podemos?” Ele lembra, fazendo alguns cálculos de acordo, apenas, com o número oficial de evangélicos batistas, de que as ofertas destinadas a missões mundiais e nacionais alcançaram um montante considerável, mas se dividido pelo número de crentes, o resultado é desanimador. São 66 centavos por semana destinados à obra missionária.
A responsabilidade dos brasileiros também é lembrada pelo Pastor Waldemar Carvalho, presidente da Missão Kairós: “o povo brasileiro foi evangelizado ‘errado’. Como se nós fôssemos os “confins da Terra e não como se tivéssemos de ir até lá evangelizar, conforme ordenança de Jesus em Atos 1.8”.
Somente em um “retângulo” do mapa, na chamada “janela dez por quarenta”, está localizada mais da metade da população do mundo. A China com 1 bilhão e quatrocentos milhões de habitantes, Índia com 1 bilhão, Bangladesh com 145 milhões, sem mencionar os demais países que somam outros bilhões de pessoas a serem evangelizadas.
O pastor Waldemar lembra: “Neste trecho do mapa foi onde aconteceu a chamada de Abraão, muitos episódios do Antigo Testamento, o local onde Jesus nasceu, treinou seus discípulos e para onde os enviou a evangelizar. Porém, nesta região em que até o século VII o cristianismo predominava, hoje é proibida a pregação do Evangelho. E cadê a Igreja Poderosa?! Precisamos obedecer o ‘ide’”.
A presença missionária brasileira atualmente chega a 2300 missionários no exterior atuando em 50 países.


Fonte: CPADNews

Após perder madrugadas para Valdemiro Santiago, Pastor Silas Malafaia pode ter programas às tardes

Após perder madrugadas para Valdemiro Santiago, Pastor Silas Malafaia pode ter programas às tardes

Segundo o jornalista Lauro Jardim na coluna Radar Online da revista Veja, o Pastor Silas Malafaia pode ter o Programa Vitória em Cristo sendo exibido na faixa das 15 horas da Band, onde a audiência é bem maior do que o horário anterior durante a madrugada. A proposta será oferecida pela própria direção da Band que gostaria de manter o Pastor Silas na programação, ambas as partes possuem uma boa relação. No momento Malafaia encontra-se fora do Brasil.
A proposta ainda não está fechada. Os valores, apesar de não divulgados, estariam sendo o principal empecilho para a negociação.
Atualmente o horário das 15 horas na Band exibe programação infantil. O Pastor Silas Malafaia já possui um horário ao meio-dia na própria emissora paulista, além de exibições de seu programa nas emissoras CNT, Boas Novas e Rede TV!. Seu sonho é um dia ter um programa na TV Globo.
Procurada pelo Gospel+, a assessoria de imprensa do Pastor Silas Malafaia afirma não ter recebido proposta da Band até agora.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Nota expositiva: Onde foi a a vida de santidade desse homens ? Que pelo meio telivisivel é uma coisa , e nos bastidores são uma pouca vergonha ?Vamos ficar de olhos abertos quanto isso .


Uma Defesa do Calvinismo